Os principais agentes financeiros do país revisaram para cima as previsões de PIB e inflação para 2021. As informações constam no Boletim Focus, pesquisa semanal feita pelo Banco Central com mais de cem bancos e instituições financeiras.

A expectativa de IPCA, que mede a inflação oficial do país, passou de 4,34% na semana passada para 4,43% nesta semana. Já o IGP-M, que mostrou as garras no ano passado e fechou acima de 23%, deve avançar 4,94% em 2021. Na semana passada, a previsão para o índice era de 4,60%.

A inflação mais alta é consequência da melhora da atividade econômica. Segundo o Focus, o PIB do país vai crescer 3,45% — na semana passada, a projeção era de expansão de 3,41% da economia.

O Focus manteve a previsão de dólar a R$ 5,00 ao final do ano.

Juros

Apesar de deixar inalterada a previsão de Selic para o ano em 3,25%, o Boletim Focus traz sinais de que a taxa pode subir mais que isso em 2021. Segundo o Top-5, grupo de instituições com o melhor retrospecto de acertar suas projeções, a Selic fecharia o ano em 3,5% e terminaria 2022 a 5% ao ano.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).