Depois de uma breve recuperação na Black Friday, as vendas no varejo físico voltaram a cair na semana do Natal. Segundo os dados do Indicador de Atividade do Comércio – Natal, da Serasa Experian, houve uma redução de 10,3% no comparativo entre os dias 18 e 24 de dezembro de 2019 e 2020 em todo o país. Este é o pior desemprenho já registrado na série histórica, iniciada em 2003.

Na análise do fim de semana, entre 18 e 20 do último mês de 2020, a queda foi de 5,6%, com relação aos dias 20 a 22 do mesmo mês do ano anterior.

Os números de São Paulo mostram que o tombo na semana da data comemorativa foi de 7,8%, enquanto no fim de semana, de -1,0%.

Qual o motivo da queda? Segundo os especialistas da Serasa Experian, o surgimento de uma segunda onda de contaminação de covid-19 inibiu o consumidor de ir as lojas. Além disto, parte das vendas de Natal acabaram sendo antecipadas pela Black Friday, as quais tiveram um desempenho razoável em 2020 (alta de 6,1%).

Metodologia da pesquisa: O Indicador tem como base uma amostra das consultas realizadas no banco de dados da Serasa Experian. Foram consideradas as consultas realizadas no período de 18 a 24 de dezembro de 2020 e comparadas às do período de 18 a 24 de dezembro de 2019. Para o fim de semana, foram consideradas as consultas realizadas no período de 18 a 20 de dezembro de 2020 e comparadas às do período de 20 a 22 de dezembro de 2019

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).