SÃO PAULO (Reuters) – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que lidera as pesquisas de intenção de voto para a eleição presidencial do ano que vem, disse nesta terça-feira que alteraria a atual política de preços da Petrobras e que a estatal deveria dar lucro ao povo brasileiro.

“Digo em alto e bom som: nós não vamos manter essa política de preços de aumento do gás e da gasolina que a Petrobras adotou por ter nivelado os preços pelo mercado internacional. Quem tem que lucrar com a Petrobras é o povo brasileiro”, disse Lula em entrevista à Rádio Gaúcha.

A política de preços da petroleira estatal, atrelada ao preço internacional do petróleo, tem levado a constantes aumentos dos combustíveis nas refinarias, que por sua vez se refletem no preço final ao consumidor na bomba.

A alta dos preços dos combustíveis tem sido um dos principais fatores por trás da alta da inflação, que tem afetado a popularidade do presidente Jair Bolsonaro, que aparece nas pesquisas em uma distante segunda posição, atrás de Lula.

(Reportagem de Eduardo Simões)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).