SÃO PAULO (Reuters) – A Gerdau reportou nesta quarta-feira lucro líquido de 2,471 bilhões de reais para o primeiro trimestre, um salto em relação ao resultado positivo de 221 milhões de reais um ano antes, em desempenho beneficiado pela recuperação econômica da pandemia, alta no preço do aço e taxa de câmbio favorável.

As vendas de aço cresceram 15% ano a ano, mas a produção de aço bruto caiu 1%. A receita líquida somou 16,3 bilhões de reais, alta de 77% ante o mesmo período de 2020, ajudada pela apreciação do dólar frente ao real, que impactou positivamente as receitas das operações da companhia na América do Norte.

O resultado operacional medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado mais do que triplicou, para 4,318 bilhões de reais, com a margem avançando para 28,4%, de 12,8% no primeiro trimestre de 2020.

Previsões de analistas compiladas pela Refinitv apontavam, na média, lucro líquido de 1,758 bilhão de reais e Ebitda de 3,373 bilhões de reais.

(Por Marcelo Rochabrun e Paula Arend Laier)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).