SÃO PAULO (Reuters) – A locadora brasileira de equipamentos para agronegócio, mineração, e infraestrutura Armac pediu nesta terça-feira o registro para uma oferta inicial de ações (IPO), buscando recursos para ampliar seu negócio.

A empresa criada em 1994 e com sede na grande São Paulo, se apresenta a maior do país em locação de escavadeiras hidráulicas, retroescavadeiras, tratores de esteira, minicarregadeiras, motoniveladoras e tratores agrícolas.

A Armac tinha no fim de março uma frota própria de 1.403 equipamentos de fabricantes como John Deere, Volvo, Hyundai, JCB, New Holland, Caterpillar e Komatsu.

A companhia afirma no prospecto preliminar da oferta que teve no primeiro trimestre receita anualizada de 257 milhões de reais, e Ebitda de 128 milhões, altas de 173% e de 219% respectivamente, em relação a igual etapa de 2020.

A oferta, que será coordenada por Santander, Itaú BBA, BTG Pactual e Morgan Stanley, servirá também para que o fundo Speed, da Gávea investimentos, e membros da família fundadora Aragão vendam participação no negócio.

(Por Aluísio Alves)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).