Não gosta de digitar a senha do cartão na hora de pagar? Pois o limite de pagamentos sem senha por aproximação subiu de R$ 100 para R$ 200.

Segundo a Abecs, associação que representa as empresas do setor de meios eletrônicos de pagamento, a mudança atender a demanda da sociedade pela modalidade.

Os pagamentos por aproximação movimentaram R$ 22,7 bilhões de janeiro a setembro de 2020, um crescimento de 478% em comparação com o mesmo período do ano passado. A expectativa da Abecs é que essa modalidade registre em torno de R$ 40 bilhões em transações em todo o ano de 2020.

 Qual a vantagem? Durante a pandemia, muita gente viu no pagamento por aproximação uma forma mais segura de fazer pagamentos. Com o aumento do limite, o usuário não precisa tocar na máquina para fazer o pagamento.

É só com cartão que funciona? Não. O usuário precisa ter um dispositivo (celular, relógio, pulseira, entre outros) com a tecnologia NFC (Near Field Communication).

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).