TÓQUIO (Reuters) – O presidente do banco central do Japão, Haruhiko Kuroda, pediu nesta quinta-feira aos bancos centrais que tomem “medidas prospectivas” na gestão dos riscos das mudanças climáticas e façam progresso constante na superação dos desafios associados.

“(…) As mudanças climáticas estão tendo um efeito significativo na gestão da política monetária dos bancos centrais. Dada sua poderosa influência sobre a atividade econômica e o sistema financeiro no médio e longo prazos, os bancos centrais devem tomar as medidas necessárias contra o impacto das mudanças climáticas”, afirmou Kuroda em um workshop internacional online organizado pelo Banco do Japão sobre riscos financeiros relacionados ao clima.

(Por Leika Kihara)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).