O Itaú Unibanco anunciou que vai dar três meses de isenção para empresas que cadastrarem suas chaves Pix na instituição. A nova plataforma de pagamentos instantâneos entra em vigor em 16 de novembro.

Vale para todo mundo? A oferta é válida para empresas com faturamento de até R$ 30 milhões por ano e é limitada a 200 transações no período. O objetivo é permitir que as empresas conheçam essa nova forma de recebimentos sem pagar nada por isso.

Como vai funcionar para empresas? Na hora de pagar uma conta, o cliente poderá ler o QR Code da empresa ou mandar o dinheiro pela chave Pix que ela cadastrou. A chave pode ser o número do CNPJ ou do telefone.

Qual a vantagem? O sistema funciona 24 horas por dia e todos os dias do ano, incluindo finais de semana e feriados. As transações serão concluídas em poucos segundos.

Como será a cobrança após três meses? Alguns tipos de pagamentos e recebimentos serão tarifados para as empresas. Permanecem sem custo os pagamentos por QR Code, similar aos pagamentos de boleto atualmente, e recebimentos via transferências Pix, similar aos recebimentos via DOC/TED atuais.

Outras transações, como transferência via Pix, recebimento por QR Codes (simples e personalizados) e recebimentos por QR Codes pela maquininha Rede serão cobrados. O valor da tarifa irá variar de acordo com o montante da operação e dependerá do perfil do cliente, seu segmento e relacionamento com o banco.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).