O Itaú Unibanco não deve fechar agências bancárias em 2021, de acordo com o novo presidente-executivo do banco, Milton Maluhy.

Em 2020, a instituição fechou 117 agências físicas, 15 PAB’s (Postos de Atendimento Bancário Especiais) e 35 agências na América Latina.

  • Agências físicas: passaram de 3.158 para 3.041;
  • PAB’s: de 671 para 656;
  • Agências na América Latina: de 479 para 444.

A maior parte das agências do Itaú estão concentradas nas regiões Sudeste (67%) e Sul (15%). Apesar do fechamento de agências, o número de colaboradores aumentou: o quadro de contratados passou de 94.881 em 2019 para 96.540 em 2020.

Em teleconferência nesta terça-feira (2) sobre os resultados do último trimestre de 2020 conhecidos na véspera, o executivo também afirmou que a taxa de inadimplência de 90 dias deve aumentar em 2021, atingindo o pico nos últimos três meses do ano, mas ainda abaixo de níveis recordes passados.

Novo presidente-executivo

Maluhy assume a presidência-executiva do grupo em substituição a Candido Botelho Bracher que, em dezembro, completou 62 anos, idade limite para continuar no cargo segundo o estatuto do Itaú.

A transição de cargo teve duração de três meses e, a partir desta terça, Bracher volta para o conselho de administração do banco.

(Com Reuters)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).