O mercado elevou suas previsões para a taxa básica de juros da economia em 2021. Segundo o Boletim Focus, pesquisa semanal do Banco Central com os principais agentes financeiros do país, a Selic deve fechar o ano em 5,75%, 0,25 ponto percentual mais alta do que o projetado na semana passada.

Por que a projeção da Selic aumentou? O mercado não vê sinais de desaceleração da inflação, e a taxa de juros é um dos principais instrumentos do Banco Central para tentar controlar o avanço dos preços. Segundo o Focus, a inflação medida pelo IPCA deve terminar 2021 em 5,31%, acima do limite de teto estabelecido pelo Banco Central, que é de 5,25%. Foi a oitava semana consecutiva de alta nas previsões de IPCA.

Então a economia do país vai mal? Não necessariamente. A recuperação econômica em 2021 está mais forte do que o esperado. Na semana passada, a projeção de crescimento do PIB estava em 3,52%. Na edição desta segunda-feira do Focus, a projeção passou a ser de 3,96%. E o aquecimento da economia é um dos fatores que puxa para cima a inflação.

E o dólar? O mercado manteve a projeção de dólar próxima aos patamares atuais, indicando que a moeda norte-americana fecha o ano em R$ 5,30.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).