FRANKFURT (Reuters) – A inflação na zona do euro deve subir mais na segunda metade de 2021 e então cair conforme fatores temporários perderem força, afirmou nesta quinta-feira a presidente do BCE, Christine Lagarde.

A inflação na zona do euro subiu a 2% no mês passado devido ao aumento nos preços da energia no ritmo mais forte desde o final de 2018, indo acima da meta do BCE de “abaixo mas perto de 2%”.

Economistas consultados pela Reuters esperam que a inflação na zona do euro fique em 1,8% este ano, antes de cair a 1,3% em 2022 e 1,5% em 2023.

(Reportagem de Francesco Canepa)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).