O Índice de Confiança do Consumidor caiu para a mínima da série histórica no mês de abril, disse a FGV nesta segunda-feira (27). O pessimismo generalizado é consequência dos efeitos econômicos da pandemia do coronavírus.

Há algum grupo mais otimista? Não. “O pessimismo em relação aos próximos meses é homogêneo entre as diversas classes de renda e isso faz com que todos coloquem o pé no freio em relação ao consumo (…)”, explicou, em nota, Viviane Seda Bittencourt, coordenadora das sondagens da FGV.

Qual o tamanho da queda? O ICC caiu a 58,2 pontos em abril, menor nível desde setembro de 2005, quando a série histórica teve início. A mínima anterior era de 64,9 pontos, e foi registrada em dezembro de 2015.

As perspectivas estão pessimistas tanto para o curto quanto para o médio prazo.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.