Por Camila Moreira

SÃO PAULO (Reuters) – A economia brasileira encolheu menos no segundo trimestre de 2020 do que inicialmente calculado, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre abril e junho, ápice das medidas de controle ao coronavírus, o Produto Interno Bruto (PIB) despencou a uma taxa recorde de 9,2%, de um recuo de 9,6% informado antes.

Por outro lado, o IBGE revisou para pior o resultado de janeiro a março, quando a economia teve contração de 2,1%, contra queda de 1,5% calculada antes.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).