(Reuters) – O conselho de administração da Hapvida aprovou no domingo oferta de ações com esforços restritos de colocação, que espera precificar em 20 de abril, de acordo com fato relevante à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A operação consistirá na distribuição pública primária de, inicialmente, 100 mil novas ações e secundária de, inicialmente, 33.333.334 papéis. Tal montante – 133.333.334 ações – pode ser elevado em até 35% para atender eventual excesso de demanda.

Considerando a cotação de fechamento de sexta-feira da ação, de 14,87 reais, a oferta pode movimentar 1,98 bilhão de reais, sem considerar as ações adicionais. Quando incluídos esses papéis, a soma alcança 2,676 bilhões de reais.

A Hapvida afirma que os recursos da oferta primária serão destinados a investimento na sua estrutura atual e de empresas recém adquiridas e/ou em processo de fusão/aquisição, bem como para financiar potenciais fusões e/ou aquisições futuras.

BTG Pactual, Bank of America, Itaú BBA, da XP Investimentos, Credit Suisse e Citi são os coordenadores da oferta.

(Por Paula Arend Laier)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).