WASHINGTON (Reuters) – O chefe de um importante grupo empresarial dos Estados Unidos exortou autoridades de alto escalão dos EUA a considerar a remoção do presidente Donald Trump do cargo depois que apoiadores do presidente, que deixará o posto, invadiram o prédio do Capitólio norte-americano.

O presidente e CEO da Associação Nacional de Manufatureiros, Jay Timmons, disse que Trump “incitou a violência na tentativa de manter o poder e qualquer líder eleito que o defenda está violando seu juramento à Constituição e rejeitando a democracia em favor da anarquia… O vice-presidente Pence, que foi retirado do Capitólio, deveria considerar seriamente trabalhar com o Gabinete para recorrer à 25ª Emenda para preservar a democracia”.

Trump permanece no cargo por mais 14 dias, antes que o presidente eleito do país, Joe Biden, tome posse em 20 de janeiro.

(Por David Shepardson)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).