O presidente Jair Bolsonaro editou decreto nesta sexta-feira prorrogando até o final do ano a redução a zero da alíquota do IOF incidente sobre operações de crédito.

A alíquota foi zerada em abril, inicialmente por um período de três meses, como medida de combate ao impacto econômico da pandemia do Covid-19.

Em julho, o governo prorrogou o benefício para créditos contratados até 2 de outubro. A nova prorrogação estende o estímulo para operações fechadas até 31 de dezembro.

Outro decreto também prorrogou nesta sexta-feria, até 31 de dezembro, alíquotas reduzidas de IPI, PIS e Cofins incidentes sobre medicamentos e produtos usados no combate à Covid, como máscaras e álcool de limpeza.

 

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).