Por Camila Moreira

SÃO PAULO (Reuters) – O Ministério da Economia elevou com força sua projeção de crescimento econômico para este ano a 5,3% e ainda aumentou a estimativa de inflação a 5,9%, nível acima do teto da meta para o período, de acordo com boletim divulgado pela Secretaria de Política Econômica nesta quarta-feira (14).

O boletim anterior, de maio, projetava expansão do PIB (Produto Interno Bruto) de 3,5% e inflação de 5,05% neste ano.

Para 2022, as estimativas passaram a um crescimento de 2,51% do PIB e alta do IPCA de 3,5%, contra 2,50% e 3,50% respectivamente antes.

A meta de inflação para este ano é de 3,75% e para 2022 de 3,50%, ambos com margem de tolerância na meta de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).