BRASÍLIA (Reuters) – O governo federal aprovou nesta sexta-feira a aplicação de uma dose de reforço contra Covid-19 para profissionais de saúde, informou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em sua conta no Twitter.

“Acabamos de aprovar a dose de reforço para profissionais de saúde, preferencialmente com a Pfizer, a partir de seis meses após a imunização completa”, disse o titular da Saúde.

Nesta semana, após protestos, o governo recuou e decidiu liberar a vacinação contra Covid para adolescentes entre 12 e 17 anos sem comorbidades.

Queiroga está em quarentena em Nova York, onde teve um teste positivo para Covid-19 antes do que seria seu voo de retorno ao Brasil após acompanhar o presidente Jair Bolsonaro na Assembleia-Geral da ONU.

(Reportagem de Ricardo Brito)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).