O preço da gasolina voltou a subir na última semana de fevereiro, segundo pesquisa de preços realizada pela ANP (Agência Nacional de Petróleo e Gás). O preço médio do litro da gasolina subiu para R$ 5,170 na semana encerrada em 27 de fevereiro – era R$ 4,917 na semana anterior.

Por que o preço subiu tanto? Porque combustíveis como a gasolina e diesel acompanham os preços do mercado internacional. Quando o petróleo sobe, esses combustíveis também ficam mais caros. Além disso, a valorização do dólar também interfere no preço final.

O preço é o mesmo no país todo? Não. O preço varia muito influenciado por favores como frete e impostos. Em postos de três Estados do país, o preço máximo da gasolina passou de R$ 6. Veja:

  • Acre: R$ 6,350
  • Rio de Janeiro: R$ 6,099
  • Rio Grande do Sul: R$ 6,169

Foi só a gasolina que subiu? Não. O etanol passou de R$ 3,378 para R$ 3,646. Como a gasolina, o preço do etanol também varia muito. Em alguns locais, o preço máximo passa dos R$ 5:

  • Rio de Janeiro: R$ 5,263
  • Rio Grande do Sul: R$ 5,499

E os outros preços?

  • O litro do diesel S10 passou de R$ 3,939 para R$ 4,250
  • O botijão de gás de 13 kg subiu de R$ 79,82 para R$ 80,83

 

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).