PARIS (Reuters) – O Ministério da Fazenda da França estimou nesta terça-feira a área de trigo soft de inverno do país em 2022 em 4,92 milhões de hectares, ante 4,96 milhões de hectares no ano anterior.

Em suas primeiras estimativas de semeadura para a safra do próximo ano, o ministério fixou a área de cevada de inverno em 1,23 milhão de hectares, ante 1,20 milhão de hectares no ano anterior, e projetou que a área de colza de inverno aumentaria de 0,98 milhão de hectares para 1,10 milhão de hectares.

Para o trigo durum de inverno, espera-se que os agricultores plantem cerca de 279.000 hectares, contra 284.000 hectares no ano anterior.

Trigo e colza na França são quase exclusivamente safras de inverno, enquanto a produção de cevada compreende uma parte significativa da safra de primavera.

Traders e analistas previram um forte aumento na área de colza da França, uma vez que os preços recordes encorajam uma recuperação na semeadura após um declínio nos últimos anos.

No entanto, o ministério disse que sua projeção de área de colza para 2022 permaneceu bem abaixo de uma média de 1,2 milhão de hectares para o período 2017-2021.

Os analistas também esperam que a recuperação da colza reduza o plantio de cereais, embora os preços atraentes e o clima de outono favorável possam limitar declínios no trigo e na cevada.

O milho deve perder área durante o plantio na primavera, em parte porque os agricultores optam por safras menos intensivas em fertilizantes em meio ao aumento dos preços do nutriente.

(Por Gus Trompiz e Sybille de La Hamaide)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).