(Reuters) – A agência de classificação de risco Fitch Ratings disse nesta quinta-feira que o “forte” crescimento dos casos de Covid-19 e o ritmo lento de vacinação no Brasil trazem incertezas quanto ao tempo necessário para afrouxamento das restrições de mobilidade e apoio à recuperação econômica.

A avaliação foi feita em relatório sobre os impactos no setor de shopping centers decorrentes das medidas restritivas à mobilidade para combate à segunda onda da pandemia no país.

Na quarta-feira, o Brasil registrou acumulado de mais de 14,1 milhões diagnósticos do vírus desde o início da crise sanitária, com mais de 381 mil mortes em decorrência da doença.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).