O mercado começa a semana atento à divulgação do PIB chinês. O dado foi divulgado na noite de ontem (17) e mostra que a economia chinesa cresceu em menor ritmo no terceiro trimestre do ano, prejudicada pela escassez de energia, gargalos nas cadeias de abastecimento e grandes turbulências no mercado imobiliário.

O PIB cresceu 4,9% entre julho e setembro em relação ao mesmo período do ano anterior, leitura mais fraca desde o terceiro trimestre de 2020 e abaixo das previsões.

A China também enfrenta os problemas de dívida da Evergrande. Tem crescido a preocupação de que a crise de liquidez da companhia passe a atingir outras incorporadoras, como efeito das medidas rigorosas do presidente Xi Jinping para esfriar o mercado imobiliário. O setor é responsável por 30% do PIB do país.

Radar corporativo: empresas para ficar de olho

Petrobras

O desempenho da Petrobras em produção e vendas no 3º trimestre virá a público na próxima quarta-feira (20). A companhia, que tem frequentado o noticiário pelas manifestações de autoridades sobre sua privatização, divulga seu balanço completo no dia 28 de outubro.

Hypera

A Hypera Pharma divulga resultados do terceiro trimestre na sexta-feira (22). A companhia registrou um lucro-líquido de R$470,6 milhões entre abril e junho deste ano, o que representou uma alta de 18,7% em relação ao mesmo período do mês anterior. A previsão media de analistas para o lucro da companhia no período era de 452 milhões de reais, segundo dados da Refinitiv.

GetNet

A GetNet — empresa de maquininhas de cartão e meios de pagamento do Santander — passará a ser negociada na bolsa norte-americana Nasdaq de forma separada do banco, a partir de sexta-feira (22).  O movimento faz parte de uma estratégia de dar vida própria à empresa. Segundo documento registrado na SEC, acionistas do Santander receberão 0,25 papéis da GetNet para ação do banco. Aqueles que possuem recibos de ações (ADRs) do Santander Brasil em Nova York terão o mesmo direito.

Sulgás

Também na sexta-feira, o Governo do Rio Grande do Sul pretende promover um leilão para privatizar a Sulgás — companhia de gás do estado. As propostas, com valor mínimo de R$ 927,8 milhões, devem ser entregues até segunda-feira (18), na B3. Este será o terceiro leilão de privatização a ser realizado pelo governo do estado em 2021, com o intuito de auxiliar no enfrentamento da crise financeira.

(Com Reuters)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).