O mercado financeiro terá dias de muitas notícias pela frente. A nova temporada de balanços começa a ganhar fôlego com divulgações da Vale, Petrobras e empresas do setor bancário. Além disso, indicadores importantes sobre a inflação serão apresentados nos próximos dias.

Em meio à pressão da alta dos combustíveis e da energia elétrica, os investidores também estarão atentos à divulgação do IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de outubro e da taxa de juros.

A semana conta também com a divulgação da PNAD Contínua, pelo IBGE, que trará dados sobre o desemprego no Brasil em agosto, além do IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) e da nova bandeira tarifária de energia elétrica. No exterior, as atenções estarão voltadas para o anúncio do PIB dos Estados Unidos.

Veja o que deve estar no radar do mercado nesta semana:

IPCA-15

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) anuncia, na terça-feira (26), o IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), conhecido como a prévia da inflação. O índice ficou em 1,14% em setembro, maior patamar para o mês desde 1994. Os preços da gasolina e da energia elétrica foram os principais responsáveis pelo resultado. De janeiro a setembro deste ano, o indicador acumula alta de 7,02% e de 10,05% nos últimos 12 meses.

Selic

Na quarta-feira (27), o Banco Central anuncia a nova taxa Selic. UBS BB e Asa Investimentos preveem ajuste de 150 pontos na próxima reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), seguido de igual aumento em dezembro, o que levaria a taxa de 6,25% para 9,25% ao final do ano.

PNAD Contínua

O IBGE divulgará na quarta-feira (27) a PNAD Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua) de agosto. A taxa de desemprego no Brasil ficou em 13,7% no trimestre encerrado em julho. Foi uma queda um ponto percentual ante o trimestre terminado em abril (14,7%). O índice ficou estável frente ao mesmo período de 2020 (13,8%). Ainda assim, o país registrou 14,1 milhões de brasileiros desempregados.

IGP-M

A FGV (Fundação Getúlio Vargas) anuncia o IGP-M de outubro na próxima quinta-feira (28). O índice que serve como base para o ajuste de preços dos aluguéis, desacelerou passou a cair 0,64% em setembro, sendo que em agosto o indicador havia subido 0,66%. O resultado de setembro foi a primeira deflação desde fevereiro de 2020 e a menor taxa mensal desde agosto de 2019 (-0,67%).

PIB dos EUA

Com estímulos fiscais e vacinações contra a Covid-19 impulsionando os gastos, o PIB norte-americano cresceu 6,6% em taxa anualizada no segundo trimestre, nível acima do seu pico pré-pandemia. Na manhã de quinta-feira (28), o Departamento de Comércio anuncia os dados referentes ao terceiro trimestre.

Bandeira tarifária de energia

Desde setembro, as contas de luz recebem acréscimo de de R$ 14,20 a cada 100 kWh gastos pelos consumidores. Na próxima sexta-feira (29), a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) define uma nova bandeira tarifária.

Radar corporativo: empresas para ficar de olho

Correios

Depois de duas audiências públicas, o projeto de lei que prevê a privatização dos Correios deve ser discutido na Comissão de Assuntos Econômicos e pode passar por votação no Senado ainda esta semana. Na Câmara, o texto-base foi aprovado por 286 votos a favor, 173 contra e duas abstenções. Em audiência pública na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos), na última quarta-feira, senadores ainda manifestavam dúvidas sobre os benefícios da proposta para a população.

Facebook

O portal de notícias The Verge revelou na última semana que o Facebook deve mudar de nome nos próximos dias. O movimento viria no sentido de reafirmar a empresa como um conglomerado de mídia social e atualizar sua imagem após polêmicas recentes — como denúncias sobre possíveis manipulações da audiência.

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, deve comentar sobre a alteração do nome durante a conferência “Connect”, na quinta-feira (28). No entanto, segundo o The Verge, o anúncio oficial pode acontecer antes.

Eletrobras

Na última terça-feira (19), o Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos aprovou uma resolução que trata da modelagem da privatização da Eletrobras. Está prevista uma operação de aumento de capital por meio de uma oferta primária de ações com valor de referência de R$ 23,2 bilhões.

Ainda segundo o documento, o investidor individual poderá usar até 50% do valor do FGTS para adquirir ações da companhia. O investimento de entrada será de R$ 200. Nesta semana, o BNDES deve realizar nova avaliação do processo.

Petrobras

A Petrobras acertou com o Cade um compromisso de vender cinco empresas até 30 de outubro, no próximo sábado. São elas:  Lubnor (Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste), Refap (Refinaria Alberto Pasqualini), SIX (Unidade de Industrialização do Xisto), Regap (Refinaria Gabriel Passos) e RNEST (Refinaria Abreu e Lima).

A companhia anunciou, na última quarta-feira (20), a manutenção do crescimento no terceiro trimestre de 2021, com um aumento de 1,2% em relação ao trimestre anterior. Na quinta-feira (28), a Petrobras divulga seu lucro-líquido referente ao terceiro trimestre de 2021, em relatório de balanço completo.

Veja a agenda de balanços desta semana:

CompanhiaData da divulgação    
ECORODOVIAS25/10/2021
ENERGIAS BR25/10/2021
NEOENERGIA25/10/2021
SMILES25/10/2021
TIM25/10/2021
BANCO INTER26/10/2021
CESP26/10/2021
INDS ROMI26/10/2021
KLABIN S/A26/10/2021
DEXCO27/10/2021
DURATEX27/10/2021
GERDAU27/10/2021
GERDAU MET27/10/2021
INTELBRAS27/10/2021
LOG COM PROP27/10/2021
MOVIDA27/10/2021
MULTIPLAN27/10/2021
ODONTOPREV27/10/2021
SANTANDER BR27/10/2021
WEG27/10/2021
ALPARGATAS28/10/2021
AMBEV28/10/2021
FLEURY28/10/2021
GRENDENE28/10/2021
PETROBRAS28/10/2021
SUZANO S.A.28/10/2021
TRAN PAULIST28/10/2021
VALE28/10/2021
VAMOS28/10/2021
IRANI29/10/2021
USIMINAS29/10/2021

(Com Bloomberg, Agência Estado e Agência Brasil)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).