A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado se reúne a partir das 9h de hoje para analisar a PEC dos Precatórios. A proposta abre espaço no orçamento para ampliar o pagamento do Auxílio Brasil para R$ 400.

Em nota divulgada ontem, a IFI (Instituição Fiscal Independente do Senado) disse que a aprovação da PEC pode acabar com a âncora fiscal do país.

“Regras fiscais dependem, inexoravelmente, do compromisso político em torno do seu cumprimento. A importância de mantê-las e de respeitá-las está na base da credibilidade da política fiscal”, disse a IFI.

Veja o que mais pode mexer com o mercado nesta terça-feira:

Ômicron

Os mercados respiraram aliviados depois do presidente dos EUA, Joe Biden, afirmar que não havia motivo para pânico com o Ômicron, nome da nova variante do coronavírus. Ele descartou, por ora, a necessidade de fazer novos lockdowns, como vem fazendo a Europa.

Pnad

O IBGE divulga às 9h o resultado da Pnad Contínua de setembro.  na terça-feira (30). Em agosto, a taxa ficou em 13,2%. A expectativa do mercado é que o índice continue caindo com a recuperação do setor de serviços e emprego autônomo.

Caged

Às 15h30 é a vez do governo divulgar os dados do Caged de outubro. Em setembro, foram criados 313,9 mil novos postos formais de trabalho.

Petrobras

Depois de apresentar seu plano de negócios ajustado para os próximos 5 anos e revisar a política de dividendos, a Petrobras promove nova reunião, desta vez em Nova York.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).