SÃO PAULO (Reuters) – A Eztec anunciou nesta quinta-feira queda de 48,5% nas vendas líquidas do primeiro trimestre, atingida pelo recrudescimento de medidas de isolamento social, segundo relatório de desempenho operacional.

“Isso decorre em grande parte por um represamento da decisão de investimento por parte do cliente, sem que isso represente uma deterioração das condições estruturais da demanda”, afirmou na Eztec no relatório.

“Esse impacto circunstancial é especialmente visível na performance das unidades já performadas (31% aquém do quarto trimestre), em que o cliente prefere aguardar a visita física à própria unidade antes de se comprometer com a compra, já que os condomínios vedaram o acesso de interessados ao longo da fase vermelha”, acrescentou a companhia se referindo ao isolamento social em São Paulo.

Segundo a empresa, como o mercado tem lançado menos neste início de ano, isso tem contribuído para “melhora crescente da performance de vendas da companhia desde a última semana de março”.

A Eztec terminou o trimestre com estoque de 187,8 mil metros quadrados ante 220,87 mil no mesmo período de 2020.

A empresa fez apenas um lançamento, que correspondeu a um valor de 28,1 milhões de reais ante 564 milhões no primeiro trimestre do ano passado.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).