SÃO PAULO (Reuters) – A média diária de exportação de soja do Brasil alcançou 938,4 mil toneladas na primeira semana de maio, alta de 33% ante o mesmo mês de 2020, mostraram dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) nesta segunda-feira.

Com isso, o maior produtor e exportador global da oleaginosa mantém o ritmo firme de embarques que foi verificado em semanas anteriores, quando a média diária ficou perto de 1 milhão de toneladas.

As exportações aquecidas, que registraram um recorde histórico de mais de 17 milhões de toneladas em abril, ocorrem em momento que o Brasil caminha para a conclusão da colheita da safra 2020/21 e conta com volume elevado de soja disponível para embarque.

Ainda de acordo com a Secex, a média de vendas externas de açúcar atingiu 87,9 mil toneladas ao dia na primeira semana do mês, uma queda ante os 129,17 mil ao dia registrados em maio do ano passado –em plena safra de cana-de-açúcar no país.

Neste ano, a moagem da safra começou em ritmo mais lento, com usinas do centro-sul lidando com os efeitos da prolongada seca para as lavouras.

(Por Nayara Figueiredo e Gabriel Araujo)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).