A Embraer informou ao mercado na manhã desta quarta-feira, 9, que restabeleceu a operação em todos os seus sistemas de tecnologia da informação que foram desligados, por precaução, no último dia 30 de novembro, em função de um ataque cibernético.

“A companhia esclarece que recebeu pedido de negociação de potenciais pagamentos no contexto do ataque cibernético e que não iniciou qualquer processo de negociação, bem como não realizou quaisquer pagamentos a terceiros supostamente envolvidos em tal incidente”, informa a empresa, dizendo que está investigando as circunstâncias do ataque e a quantidade de dados exfiltrados ou divulgados.

Em uma avaliação preliminar da investigação interna, a Embraer apurou que certas informações foram divulgadas e “está trabalhando com os terceiros que foram afetados pelo incidente”.

As autoridades estão auxiliando a fabricante de aeronaves na investigação do ocorrido.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).