RIO DE JANEIRO (Reuters) – As exportações de minério de ferro do Brasil em janeiro somaram 29 milhões de toneladas, alta de quase 9% ante o mesmo mês de 2020, apontaram dados do Ministério da Economia nesta segunda-feira, em meio a preços mais altos da commodity.

No primeiro mês do ano, o valor médio das exportações foi de 94,7 dólares por tonelada, ante 65,2 dólares por tonelada em janeiro do ano passado.

Em relatório a clientes na manhã desta segunda-feira, a corretora XP afirmou que seus modelos apontavam uma alta de 37% dos embarques na última semana do mês, para 8,2 milhões de toneladas, devido a menores volumes de chuva.

“A alta no volume embarcado se deu por um aumento em todos os portos, com exceção de Porto do Açu. Destacamos a alta de 43% em Ponta da Madeira, mostrando que não houve impactos relevantes do incêndio ocorrido no Pier IV”, apontou a XP.

Um incêndio atingiu em 14 de janeiro um dos oito carregadores do Terminal Marítimo de Ponta da Madeira, em São Luís (MA), mas a mineradora Vale disse na ocasião que o incidente não teria impacto sobre seus embarques e produção de minério de ferro.

Analistas do banco BTG Pactual chegaram a alertar em nota a clientes sobre a possibilidade de o incidente lançar algumas dúvidas sobre a meta de produção da empresa neste ano, de 315 milhões a 355 milhões de toneladas.

(Por Marta Nogueira; Edição de Luciano Costa)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).