Em dia de decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central, os servidores da autoridade monetária marcaram uma paralisação de duas horas. O ato está previsto para acontecer entre 15h e 17h, poucas horas antes do anúncio da nova taxa de juros, que acontece após o fechamento do mercado.

O protesto, segundo o Sinal (sindicato dos funcionários do BC), é contra a PEC 32 da reforma administrativa.

O ato marca também a primeira fase da mobilização dos servidores pela recomposição salarial da categoria. Com base em dados do IPCA passado e do Focus futuro, a categoria estima uma perda salarial de 24,7% acumulada desde fevereiro de 2019.

Segundo o Sinal, os servidores do BC farão o ato em frente à sede do BC e em seguida seguirão para o Congresso Nacional.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).