FRANKFURT (Reuters) – A economia alemã deve encolher neste trimestre por causa de restrições mais rígidas relacionadas à pandemia e, em seguida, recuperar-se na primavera no Hemisfério Norte com a queda das infecções por coronavírus e a distribuição de vacinas, disse o banco central do país nesta segunda-feira.

O Bundesbank também minimizou a recuperação da inflação, que atribuiu principalmente a mudanças no índice de preços, e observou que os aumentos salariais foram moderados.

O governo alemão tem sido criticado por seu ritmo relativamente lento de vacinação, e as empresas estão cada vez mais impacientes por uma flexibilização do lockdown, agora em seu quarto mês, especialmente com o número de casos em queda.

“A produção econômica alemã deve encolher visivelmente no primeiro trimestre de 2021, mas voltar a um nível significativamente mais alto a partir da primavera”, disse o Bundesbank em seu relatório mensal.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).