No segundo trimestre deste ano, 61% dos brasileiros que compraram imóveis nos últimos 12 meses disseram que vão morar no local, enquanto 39% pretendem usar o bem como investimento, de acordo com dados da pesquisa Raio-X FipeZap do segundo trimestre deste ano.

A maioria que preferiu comprar para investir (69%) quer esperar o imóvel se valorizar para revender, enquanto 31% vão apostar no aluguel para conseguir uma renda extra.

Os imóveis usados continuaram com a preferência do consumidor, sendo a escolha de 69% daqueles que compraram nos últimos 12 meses. Os 31% restantes optaram por um espaço novo.

Quem ainda quer comprar? A pesquisa mostra que 44% dos entrevistados pretendem comprar um imóvel nos próximos três meses.

Preços dos imóveis

O percentual de transações que tiveram algum tipo de desconto sobre o valor anunciado ficou estável, nos últimos meses. No trimestre encerrado em junho, a média foi de 63%, menor patamar registrado pela pesquisa desde julho de 2017.

Os consumidores estão sentindo na pele o aumento de custo dos imóveis: 68% dos entrevistados consideram que os preços estão altos ou muito altos, 23%, razoável, e apenas 5% consideram baixos ou muito baixos.

Como a pesquisa foi feita? Foram ouvidas 1.910 usuários do portal ZAP+ entre os dias 12 de julho e 9 de agosto de 2021. 52% dos respondentes eram homens e 48%, mulheres.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).