O coronavírus provocou um efeito colateral para quem se viu obrigado a cozinhar: os preços dispararam na mesma velocidade com que as pessoas correram aos supermercados para estocar produtos. Para driblar mais essa dificuldade, a dica é aproveitar o que já existe na geladeira e reaproveitar o que está pronto. Tudo isso ajuda a evitar desperdícios.

“Observe tudo o que você tem no armário e na geladeira. Nossa dica é utilizar as sobrar e os produtos que estão próximos de vencer e fazer uma mágica com o que se tem em casa. Aproveite o que já está comprado para preparar algo novo”, afirma Michelle Bedolini, especialista em nutrição do Sesi-SP.

O que você quer está muito caro ou desapareceu? Faça substituições

Alguns produtos começam a faltar em determinadas regiões, como feijão e leite longa vida. A sugestão de Michelle é fazer substituições. “O feijão, por exemplo, pode ser substituído por outros grãos, como ervilha, lentilha e grão de bico. Consuma outros laticínios para substitur o leite ou opte pelo leite de soja”, diz a nutricionista.

Compre as frutas e legumes da estação

Quando tudo está caro, a dica é procurar pelos alimentos daquela estação. Abril, por exemplo, é mês da safra de abacate, maçã, pera, mamão formosa e tangerina-cravo.

Não sei o que preparar, e agora?

Michelle diz que a melhor forma de se organizar é preparar o cardápio da semana e a partir dele verificar o que você já tem e o que precisa ser comprado. “Pense no que a família gosta, monte o cardápio e calcule as quantidades.”

Evite desperdício

A dica de Michelle para evitar desperdícios é aproveitar integralmente os alimentos. “As pessoas costuma jogar fora partes das frutas e legumes que são nutritivas e podem ser aproveitados em várias receitas. A casca da banana, por exemplo, tem mais potássio que a fruta e pode ser usada em preparo de bolos, geleias.”

Outros aproveitamentos que ela sugere: aproveite os talos e folhas do brócolis, couve flor e beterraba. “Podem ser usados em tortas, no arroz e são riscos em vitamina C.”

 

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).