Dólar ligeiramente mais barato, inflação com tendência de alta e PIB “menos pior”. Essas são algumas das previsões do mercado presentes na mais recente edição do Boletim Focus, pesquisa semanal do Banco Central com os principais agentes financeiros do país.

Abaixo, o 6 Minutos traz os principais destaques do Focus desta segunda-feira (30).

Dólar: A expectativa é que a moeda norte-americana feche o ano cotada a R$ 5,36, ligeiramente mais barata que a previsão da semana passada, que projetava cotação de R$ 5,38. Para os próximos anos, o viés é de baixa. Em 2021, a projeção é de dólar a R$ 5,20; em 2022, a R$ 5,00.

Juros: Como só há mais uma reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) em 2020, a expectativa é de manutenção da taxa em 2% ao ano. Mas, para o ano que vem, o mercado considera certa a retomada de alta da Selic, que fecharia o ano em 3%.

Inflação: Pela vigésima semana consecutiva, o mercado elevou a previsão de inflação pelo IGP-M. A expectativa é que o índice feche o ano a 23,60%. Já a projeção do IPCA subiu para 3,54%.

PIB: A economia brasileira deve encolher 4,5% neste ano, percentual menor do que a queda de 4,55% projetada na semana passada.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).