Não foi só no clima que a semana esteve quente a maior parte do tempo. O noticiário foi intenso também com novidades no varejo e dados importantes sobre a economia brasileira. Para manter a tradição, o 6 Minutos separou os fatos que mais impactam sua vida.

“Pai” da nova CPMF cai, mas discussão sobre imposto não acaba

Depois de admitir que até aceitava discutir um imposto nos moldes da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras), o presidente Jair Bolsonaro acabou demitindo o agora ex- secretário da Receita Federal, Marcos Cintra. Ele, com um sutil apoio do ministro da economia Paulo Guedes, era o principal defensor da recriação do imposto como uma forma de aumentar arrecadação de receita. Em troca, o governo entregaria uma desoneração da folha de pagamento para beneficiar a geração de empregos na indústria e dar o empurrãozinho tão necessário na economia.  Agora, Guedes deve aproveitar o buraco na diretoria para reestruturuar a Receita Federal.

Saques de até R$ 500 do FGTS começaram

A partir desta sexta (13) começou a ser liberado, em lotes, o saque de até R$ 500 das contas ativas e inativas do FGTS. A medida, que deve injetar R$ 30 bilhões na economia, faz parte da estratégia do governo de fomentar o consumo. Em paralelo, o governo também liberou o pagamento da cota do PIS/Pasep para todas as pessoas, sem restrição de idade – antes, era preciso ter ao menos 60 anos.O 6 Minutos separou alguns pontos mais importantes sobre a liberação, como o horário de atendimento, para o que o dinheiro deve ser usado, e como usar o aplicativo do FGTS.

Amazon Prime chega ao Brasil por R$ 9,90 ao mês

A maior varejista online do mundo chegou ao país com uma estratégia agressiva. Por R$ 9,90 mensais, estão disponíveis o combo de serviços de entrega gratuita e rápida, serviços de streaming, de música e de games. O Brasil é o 19º país a ter o Prime no mundo. O 6 Minutos foi direto ao ponto e comparou os serviços da varejista com as concorrentes no Brasil.

Varejo e serviço sobem mais que o esperado no mês de julho, mostra IBGE

Em julho, as vendas no varejo e nos serviços avançaram 1% e 0,8% respectivamente, ante o mês de junho. O desempenho do varejo, especificamente, foi equivalente ao de novembro de 2018, mês marcado pelas promoções de Black Friday. Apesar de reforçar que o caminho da retomada ainda é longo, o crescimento foi maior que o esperado. As influências vieram do setor de móveis e eletrodomésticos, artigos pessoais, comunicação e transporte. Tanto varejo quanto serviço são indicativos importantes sobre a atividade econômica do país.

Passagens de ônibus em SP poderão ser pagas com cartão de crédito, débito e pré-pago a partir de 2ª

Por enquanto é só em 12 linhas, mas o sistema de pagamento de passagens de ônibus na cidade de São Paulo está se modernizando. A prefeitura anunciou nesta semana que cartões de crédito, débito, pré-pago, celular e vestíveis (relógios, pulseiras) poderão ser usados como se fossem Bilhete Único. Mas soluções como integrações com outras modalidades (trem e metrô) ainda não estão valendo. A prefeitura informou que eo sistema ainda está sendo testado, mas a ideia é reduzir a quantidade de dinheiro que circula nos ônibus. O 6 Minutos esteve no evento que anunciou a inovação, e os detalhes estão nesta matéria aqui.

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).