A taxa de desocupação atingiu 14,1% em outubro, segundo dados da Pnad Covid-19. É a maior taxa da pesquisa iniciada em maio que tenta medir os impactos da covid na economia.

Com isso, o país passou a ter 13,8 milhões de desocupados. Um dos motivos é que mais pessoas passaram a procurar emprego, principalmente com a ampliação da flexibilização do isolamento social.

“Com o retorno das atividades ao redor do país, mais pessoas estão, mês a mês, pressionando o mercado de trabalho em busca de uma ocupação”, afirmou Maria Lúcia.

Como ficaram outros indicadores do mercado de trabalho?

  • Informalidade: subiu de 34,2% para 34,5%
  • Trabalho remoto: caiu de 8,1 milhões para 7,6 milhões

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).