A demanda por transportes rodoviários de cargas no Brasil voltou a melhorar na última semana, atingindo o maior nível desde o final de março, segundo pesquisa divulgada nesta terça-feira (16) pela NTC&Logística.

O indicador teve melhora de 1,4 ponto percentual na semana passada. Apesar disso, a demanda segue 36,8% menor do que os níveis verificados antes da crise.

Desde o início do levantamento, em março, o menor nível foi registrado no meio de abril, quando a queda chegou a 45,2%.

Recuperação por tipo de frete: Para cargas fracionadas, que contêm pequenos volumes, a sondagem mostrou uma melhora de pouco mais de 5 pontos na comparação semanal. Já para cargas lotação, que ocupam toda a capacidade dos veículos e são utilizadas principalmente nas áreas industriais e agrícolas, a melhora foi de 2 pontos.

O que diz a NTC&Logística: “Os números parecem indicar este caminho… vêm melhorando. Se nada atrapalhar, acredito que estejamos no início da retomada. Mas para termos certeza é preciso aguardar as próximas semanas”, afirmou o responsável pela pesquisa da NTC, Lauro Valdivia.

(Com Reuters)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).