SÃO PAULO (Reuters) – A Raízen, joint venture da Cosan e da Shell, vai investir na construção de sua segunda unidade de etanol celulósico, com capacidade para produzir 82 milhões de litros por ano.

A nova unidade, que será integrada ao parque de bioenergia Bonfim localizado em Guariba (SP) e deve entrar em operação em 2023, terá o dobro da capacidade de sua primeira fábrica.

Após o início da operação da unidade, a capacidade total de produção do biocombustível celulósico da Raízen será de aproximadamente 120 milhões de litros por ano.

(Por Roberto Samora)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).