Os empresários do Brasil estão confiantes com o desempenho da economia neste ano. O  Índice de Confiança Empresarial (ICE) medido pela FGV subiu 0,9 pontos em janeiro, para 98 pontos, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (31). É o maior nível desde março de 2014. O otimismo, no entanto, é maior sobre o crescimento da economia ao longo do ano. Para o curto prazo ainda há cautela.

Veja os principais destaques do (ICE):

Confiança no cenário atual e situação corrente (ISA-E): caiu 0,5 ponto, para 93,5 pontos.

Perspectiva sobre cenário futuro (IE-E):  subiu 0,7 ponto, para 100,9 pontos, maior nível desde janeiro de 2019 (102,8 pontos).

Setor de serviços: a confiança ficou praticamente estável (-0,1 pt) em janeiro.

Setor de indústria: subiu 1,5 ponto, retornando ao nível de neutralidade.

Setor de comércio: subiu 1,2 ponto, influenciado pela melhora das expectativas de crédito mais barato e inadimplência

Setor da construção: vem crescendo desde junho de 2019,e marcou 94,2 pontos. É o maior nível desde maio de 2014, quando bateu os 94,6 pontos.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).