(Reuters) – A comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a proposta de emenda à Constituição da reforma administrativa vai discutir o texto na manhã desta quinta-feira.

O adiamento da análise previsto para a noite de quarta-feira ocorreu, segundo a Agência Câmara Notícias, após a oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro reclamar que o relatório da proposta, de autoria do deputado Arthur Oliveira Maia (DEM-BA), foi entregue depois do prazo combinado. O relator ainda fez mudanças no texto após os parlamentares apresentarem 26 destaques que poderiam alterá-lo.

Após ser aprovada na comissão, o texto da reforma administrativa precisa ser aprovada com pelo menos 308 votos no plenário da Casa em dois turnos de votação para então ser encaminhada ao Senado.

(Reportagem de Eduardo Simões)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).