Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) – A comissão especial da Câmara que discute Prosposta de Emenda à Constituição (PEC) do voto impresso cancelou reunião convocada para a tarde desta quarta-feira para votação da matéria.

Ainda não há previsão de uma nova data para a análise da polêmica PEC, defendida pelo presidente Jair Bolsonaro, mas já publicamente rejeitada por dirigentes de 11 partidos políticos.

Além do parecer do deputado Filipe Barros (PSL-PR), favorável ao voto impresso, deputados da oposição apresentaram votos em separado pedindo a manutenção do sistema atual de votação, por meio de urnas eletrônicas.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).