SÃO PAULO (Reuters) – A colheita de soja 2020/21 do Brasil, maior produtor e exportador global da commodity, chegou a 22,5% das áreas, estimou a consultoria Safras & Mercado nesta sexta-feira, permanecendo o atraso em relação a anos anteriores.

Uma semana antes, os trabalhos haviam alcançado 12,4% das lavouras da oleaginosa, de acordo com a consultoria. O plantio tardio, devido a uma seca no início da temporada, e chuvas entre janeiro e fevereiro dificultaram o avanço das colheitadeiras.

Os trabalhos estão 17,1 pontos percentuais abaixo do registrado no ciclo anterior, e em ritmo 12,8 pontos inferior à média histórica para o período.

(Por Nayara Figueiredo; Edição de Luciano Costa)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).