HONG KONG (Reuters) – A China vai reprimir atividades de mineração e negociação de bitcoins, numa tentativa de evitar riscos financeiros, disse o Comitê de Desenvolvimento e Estabilidade Financeira nesta sexta-feira.

O país reprimirá ferozmente atividades ilegais no mercado de valores mobiliários e manterá a estabilidade dos mercados de ações, títulos e câmbio, disse o comitê em reunião presidida pelo vice-premiê, Liu He.

A política monetária prudente da China será flexível, direcionada e apropriada e ao mesmo tempo manterá a taxa de câmbio do iuan basicamente estável em níveis razoáveis e equilibrados, acrescentou.

O bitcoin –que chegou a subir 4,1% nesta sessão, para quase 42.300 dólares– desabou após a notícia e, por volta de 13h09, caía 10,2%, para 36.396,03 dólares.

(Reportagem redação Pequim)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).