CHICAGO (Reuters) – Chineses compraram 1,36 milhão de toneladas de milho dos Estados Unidos, igualando sua sétima maior compra de suprimentos do grão norte-americano, disse o Departamento de Agricultura (USDA) nesta sexta-feira.

O negócio veio depois que a China emitiu diretrizes em abril recomendando a redução de milho e farelo de soja na ração de suínos e aves.

Os preços do milho atingiram seu nível mais alto em mais de oito anos devido a preocupações com o aperto na oferta global devido à forte demanda por biocombustíveis e condições de seca nas principais áreas de cultivo do Brasil.

O milho comprado pelos chineses é para ser embarcado durante a campanha de comercialização de 2021/22, que começa em setembro, informou o USDA.

O negócio foi o maior da China desde que o país comprou 2,1 milhões de toneladas de milho americano –o maior negócio da história–, em janeiro.

(Reportagem de Mark Weinraub)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).