A novela do ano passado caminha para um desfecho na próxima semana: o governo da China anunciou nesta quinta-feira (dia 9) que o vice-primeiro-ministro, Liu He, chefe da equipe de negociação do país na guerra comercial com os Estados Unidos, assinará a fase 1 do acordo de trégua em Washington na próxima semana.

Liu visitará Washington entre 13 e 15 de janeiro, disse Gao Feng, porta-voz do ministério.

O acordo ainda não foi assinado? Não no papel. Os dois governos já declararam estar de acordo, mas ele não foi oficializado. Equipes de negociação de ambos os lados permanecem em comunicação sobre arranjos particulares da assinatura, completou Gao em entrevista concedida nesta quinta.

O que vem depois do acordo? A fase 1 do acordo alcançada no mês passado deve reduzir tarifas de importação e ampliar as compras chinesas de produtos agrícolas, manufaturados e de energia dos EUA, lidando ainda com algumas questões de propriedade intelectual. Mas nenhuma versão do texto foi apresentada.

O presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que, depois da assinatura, ele viajará a Pequim para iniciar as negociações sobre a próxima fase do acordo.

(Com a Reuters)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu WhatsApp? É só entrar no grupo pelo link: https://6minutos.uol.com.br/whatsapp.