David Vélez, o fundador do maior banco digital independente do mundo, Nubank, assinou a iniciativa Giving Pledge, em que se compromete a doar a maior parte de sua fortuna para ajudar a resolver problemas sociais.

Ele e a esposa, Mariel Reyes, assumiram o compromisso em um comunicado conjunto divulgado hoje. Com isso, Vélez se junta ao magnata do mercado imobiliário brasileiro Elie Horn como o único latino-americano rico a assinar o Giving Pledge, programa iniciado por Warren Buffett em 2010, junto com Bill Gates e sua então esposa Melinda, para incentivar os ricos a doarem para a filantropia ou causas de caridade.

Nascido em Medelín, na Colômbia, Vélez fundou o Nubank em 2013, após uma carreira em private equity. O banco digital com sede em São Paulo se tornou uma potência financeira com mais de 40 milhões de clientes e recentemente foi avaliado em US$ 30 bilhões em uma rodada privada que incluiu a Berkshire Hathaway de Buffett.

Vélez e sua esposa criarão “uma nova plataforma filantrópica familiar que se concentrará em melhorar as oportunidades criadas para as crianças e jovens adultos mais vulneráveis ​​e desfavorecidos da América Latina”, segundo o comunicado. Os dois cresceram na região — a esposa de Vélez é peruana.

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).