Por Sergio Goncalves

LISBOA (Reuters) – O recente aumento da inflação na zona do euro e nos Estados Unidos é temporário e pouco provável que tenha efeitos permanentes, disse o membro do conselho do Banco Central Europeu (BCE), Mario Centeno, nesta segunda-feira.

Isso significa que o BCE deverá manter o seu atual programa de compra de ativos até março de 2022, disse Centeno durante uma conferência do setor bancário em Lisboa.

“Todas as análises na zona do euro, nos EUA e em outras jurisdições indicam que os fenômenos associados à inflação são de natureza temporária”, disse.

A inflação na Europa pode ser explicada por mudanças na estrutura tributária de alguns países da região, de acordo com Centeno, além das dificuldades na cadeia de suprimentos.

(Por Sergio Goncalves)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).