MONTREAL, Canadá (Reuters) – O Canadá afirmou nesta segunda-feira que vai retirar uma proibição de quase dois anos de voos do Boeing 737 MAX em 20 de janeiro, aumentando a lista de países que liberaram o retorno da operação da aeronave após duas quedas que mataram centenas de pessoas.

Separadamente, a Air Canada afirmou que vai retomar os voos comerciais com o 737 MAX em 1º de fevereiro, retornando gradualmente a operação do modelo em rotas na América do Norte.

(Por Allison Lampert)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).