BRASÍLIA (Reuters) – Em meio ao agravamento da pandemia de coronavírus no país, a Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira uma proposta que prorroga até 31 de julho o prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física referente ao exercício de 2021.

O texto, que segue para a sanção do presidente Jair Bolsonaro, incluiu uma emenda que limita a dezembro deste ano o prazo de vencimento de parcelas do imposto a ser pago, um pedido feito pelo governo para evitar perder arrecadação orçamentária.

Na véspera, a Receita Federal havia adiado a entrega da declaração de IR para 31 de maio. O prazo original era 30 de abril. No ano passado, também houve prorrogação do prazo de entrega por decisão administrativa.

(Por Ricardo Brito)

Quer tirar suas dúvidas sobre o Imposto de Renda de 2021? Mande sua pergunta por e-mail (faleconosco@6minutos.com.br), Telegram (t.me/seisminutos) ou WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).