A Caixa informou que começa a operar nesta terça-feira (dia 14) a linha de financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para financiamento temporário da folha de pagamento de micro e pequenas empresas.

Os recursos, anunciados pelo Banco Central, serão operacionalizados pelos bancos de varejo.

Quais as regras para tomar esse crédito? Em primeiro lugar, a empresa que tomar o financiamento não poderá demitir, por dois meses, os empregados com salários financiados pela linha.

Além disso, poderão requerer o empréstimo somente pessoas jurídicas com faturamento entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões e que não estejam inadimplentes com a instituição financeira. É necessário ainda ter a folha de pagamento feita através do banco público.

“Novos clientes que trouxerem a folha de pagamento para a instituição também poderão utilizar a linha de crédito”, afirmou a Caixa.

Como solicitar a linha? Através do site www.caixa.gov.br/caixacomsuaempresa. No endereço, é necessário realizar o pré-cadastro. “As empresas que já entraram em contato com a Caixa serão contatadas pelo banco”, afirmou a instituição financeira em nota.

Qual a forma de pagamento? O financiamento poderá ser pago em 36 meses (carência de 6 meses e 30 parcelas), e a taxa de juros é de de 3,75% ao ano (ou seja, igual à taxa básica Selic).

Qual o valor que pode ser financiado? O crédito é limitado a dois salários mínimos (até R$ 2.090) por empregado. Os recursos serão depositados diretamente na conta dos trabalhadores.

 

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).