NOVA YORK/LONDRES (Reuters) – Os contratos futuros do café arábica na ICE fecharam em alta de mais de 3%, uma vez que um nível chave de resistência foi quebrado e fundos adicionaram posições compradas.

O açúcar bruto subiu pela terceira sessão consecutiva à medida que o contrato spot se aproxima do vencimento.

CAFÉ

* O café arábica para dezembro fechou em alta de 5,75 centavos de dólar, ou 3,1%, em 1,906 dólar por libra-peso, a máxima em duas semanas, quebrando o nível chave de resistência em 1,90 dólar e também a média móvel de 20 dias em 1,87 dólar.

* Os operadores disseram que os especuladores adicionaram contratos às suas posições compradas no café arábica, visto que a perspectiva de fornecimento futuro continua fraca.

* “Há a questão do equilíbrio de longo prazo que é muito altista. Depois, há esses movimentos baseados na chuva, o déficit hídrico, chuvas abaixo da média (no Brasil)”, disse um trader dos EUA.

* “Mercado interessante, com certeza… se isso aumentar, posso ver 2,75 dólares”, acrescentou.

* O café robusta para novembro fechou em alta de 4 dólares, ou 0,2%, em 2.146 dólares a tonelada, após marcar uma máxima de quatro anos em 2.180 dólares na quarta-feira.

AÇÚCAR

* O açúcar bruto para outubro fechou em alta de 0,16 centavo de dólar, ou 0,8%, em 19,49 centavos de dólar por libra-peso, a terceira sessão consecutiva de ganhos.

* Os operadores disseram que o mercado continuou a ser fortemente influenciado pelas tendências nos mercados financeiros mais amplos, na ausência de qualquer grande desenvolvimento relacionado ao açúcar.

* O contrato do primeiro mês expira no dia 30 de setembro. Os contratos em aberto são menores do que neste período no ano passado em cerca de 80 mil lotes.

* “No momento, a entrega parece estar relativamente baixa e bem abaixo dos 2,62 milhões de toneladas entregues no ano passado”, disse um corretor.

* O açúcar branco para dezembro avançou 5,20 dólares, ou 1,0%, para 513,40 dólares a tonelada.

* Acredita-se que a agência comercial estatal do Paquistão TCP não tenha feito nenhuma compra em uma licitação internacional de 200 mil toneladas de açúcar branco, que foi fechada esta semana, disseram traders europeus nesta quinta-feira.

(Reportagem de Marcelo Teixeira e Nigel Hunt)

Quer receber notícias do 6 Minutos direto no seu celular? Estamos no Telegram (t.me/seisminutos) e no WhatsApp (https://6minutos.uol.com.br/whatsapp).